[Espanha] Solidariedade com os petroleiros de Las Heras, condenados a prisão perpétua

espanha-solidariedade-com-os-pet-1

Há mais de oito meses, seis trabalhadores petroleiros de Las Heras cumprem penas de prisão na Argentina, quatro deles em prisão perpétua, por lutar em 2006 por seu enquadramento dentro do Convênio Coletivo do Sindicato de Petroleiros.

Durante a greve que os petroleiros mantinham, um oficial de polícia morreu e o Governador de Santa Cruz iniciou uma caça às bruxas em busca de bodes expiatórios. Seis trabalhadores foram colocados no banco dos réus sem nenhuma outra prova além de confissões arrancadas mediante violência policial, começando um processo judicial de vários anos repleto de irregularidades, e durante o qual os companheiros foram privados de liberdade e torturados sistematicamente. No último dia 12 de dezembro, o juiz estabeleceu prisão perpétua contra eles, em uma clara tentativa de semear o medo entre os setores combativos da classe operária e desativar o protesto social.

Novamente, o Estado demonstra ser um simples instrumento dos capitalistas para reprimir a luta dos trabalhadores. Convém frisar que o responsável por este novo golpe repressivo é um Governo que uma parte da esquerda não duvida em considerar como “um exemplo de democracia”, o que nos faz ver que votar em partidos “alternativos” não vai nos livrar de comer hóstias e anos de cárcere. Nós trabalhadores não vamos encontrar uma solução para a exploração, o desemprego e a repressão delegando nossa capacidade de ação a políticos e sindicalistas profissionais, mas somente nos auto-organizando em nossos bairros e centros de trabalho.

Do Sindicato de Metal, Mineração e Química da CNT-AIT Madri, expressamos nossa solidariedade aos petroleiros de Las Heras, e anunciamos as próximas mobilizações para conseguir sua liberdade imediata. O Estado argentino e as empresas envolvidas neste conflito podem ter claro que seus interesses na Espanha não estarão a salvo até que vejamos nas ruas nossos companheiros, porque sua luta é a mesma que a nossa e a cada golpe que eles recebem, nós também recebemos. Suas prisões não aguentarão contra o internacionalismo da Associação Internacional dos Trabalhadores.

ABSOLVIÇÃO E LIBERDADE AOS PETROLEIROS DE LAS HERAS!

VIVA A ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DOS TRABALHADORES!

Sindicato de Metal, Mineração e Química da CNT-AIT Madri

Tradução > Anarcopunk

agência de notícias anarquistas-ana

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *