Eskişehir: anarquistas presos em ação de comemoração pelos seus camaradas que foram mortos em Suruç na semana passada

Hoje, cerca de 70 anarquistas de Istambul, Ankara, Yalova e outras cidades (Eskişehir Anarşi İnisiyatifi, Ankara Anarşi İnisiyatifi, İstanbul Anarşi İnisiyatifi e Devrimci Anarşist Faaliyet), reunidos em Eskişehir em uma ação de comemoração pelos seus camaradas (Alper Sapan, Evrim Deniz Erol, Medali Barutçu) que foram mortos por suicídio bomba em Suruç (Pirsus) na semana passada. Quando os anarquista se reuniram e começaram a marchar, a polícia de repente atacou e prendeu cerca de 15 anarquistas.

Foi a ação da Anarchy Initiative que fez uma chamada internacional para as ações de solidariedade contra o governo fascista turco. Também outros grupos, autonoms e indivíduos se juntaram a ação em Eskişehir.

Os anarquistas que se reuniram em frente a Migros (Adalar) e começaram a marchar foram atacados pela polícia. E cerca de 15 anarquista preso. Outros ativistas dispersos para as ruas e cafés. Em seguida, os grupos fascistas apareceram nas ruas para irritar os manifestantes. Alguns fascistas aplaudindo a polícia que estava prendendo alguns anarquistas.

Enquanto isso, a polícia tentou criminalizar os manifestantes e anarquistas por um alerta de bomba no centro da cidade. Bloquearam estradas, aumentaram a segurança no centro. Em seguida, eles explodiram o pacote com espoleta na rua.

Por enquanto não temos mais detalhes sobre os detidos. Mas nós vamos dar mais atualizações em breve.

Hoje, também em Istambul, houve uma marcha pela paz que foi proibida pelo governador. Os manifestantes se reuniram em Aksaray entre os bloqueios da polícia e repressão. Alguns anarquistas se juntar ao protesto segurando banners com as imagens dos camaradas anarquistas Alper Sapan, Evrim Deniz Erol e Medali Barutçu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *