Tag Archives: Coletivos de Cruz Negra Anarquista

Appel international à la solidarité avec les prisonnier.es de la Coupe du monde 2014.

libLe 12 juillet 2014, à la veille de la finale de la Coupe du Monde, la police de Rio de Janeiro a arrêté 19 activistes, visant à désarticuler la grande manifestation prévue contre le match de la finale, sous la justification que toutes ces personnes auraient participé à des actes «violents» dans les révoltes de l’année dernière et qui envisageaient d’autres actions lors de la manifestation contre la finale de la Coupe du Monde. Au total, environ 23 mandats de perquisitions, arrestations et détentions temporaires ont été menés contre des personnes accusées d’avoir participé à des mouvements sociaux. Les mandats étaient de 5 jours de détention provisoire, 4 personnes ont réussi à échapper aux enlèvements de la police.

Continue reading

[Mexico] Carta das compas Amelie Pelletier e Fallon Poisson + Atualização Prisões Mexicanas pt. 1

Carta de Amelie e Fallon

Publicada 20/11/14 em Contra-Info

Hoje faz mais de 10 meses que estamos em cana. Nas últimas semanas que se passaram, nos renderam duas sentenças: federal e comum. No primeiro de novembro o juiz Manuel Muñoz Bastida do  oitavo juizado federal do Reclusorio Sur nos ditou a sentença de 7½ anos de cadeia sob a acusação de “Incendio a edificio público com gente dentro”, isso pelos danos causados à “secretaría de comunicación y transporte do México”. As “pessoas de dentro” são os porcos federais a cargo da segurança do lugar. Logo, dia 7 de novembro, recebemos a segunda sentença pelas acusações de foro comum de “Danos a propiedade” e “ataque a paz pública”. Essas acusações se referem ao ataque feito a concessionária de carros Nissan. Encontrando-se a uma esquina da STC e aonde queimamos os carros. A juiza Margarita Bastida Negrete do tribunal de foro comum #18 do Reclusorio Oriente nos deu uma sentença de dois anos e sete meses de cadeia, juntando com os dois delitos em um, então os danos a propiedade se transformaram na reparação dos danos e ficamos com o delito de ataque a paz pública e a reparação dos danos que são de 108.000 pesos. Segundo a lei, todas as sentenças menores de 5 anos para os infratores sem antecedentes tem direito a alguns benefícios. No nosso caso, se pagamos a multa de 43.000 pesos nos dão a imediata libertade ou podemos sair sob fiança pagando 10.000 pesos cada umx e se apresentando todo mês a juízo durante 2 anos e 7 meses.

Continue reading

[Espanha] Liberdade para Francisco Javier Solar, preso anarquista nas Astúrias

Os autos que o condenam por terrorismo foram aplicados em 4 de julho passado, já que segundo o juiz, a polícia e a imprensa, que neste caso trabalham lado a lado, asseguram que estes fatos “estão vinculados à FAI/FRI, uma organização terrorista de carácter internacional ‘criada a partir da ideologia anarquista insurrecionalista’”. Continue reading

[Prisões italianas] Tudo o resto é aborrecido. Notas soltas sobre ação direta

1Pensei em escrever estas notas, porque me parece que ultimamente, até mesmo entre nós anarquistas, se está a falar muito pouco da ação direta (e, infelizmente, a ser praticada pouco…), privilegiando-se as tentativas de encontro com as “massas” mais ou menos indignadas. Decidi fazê-lo na Cruz Negra, porque espero que esta possa converter-se num espaço de debate entre aquelxs que consideram a ação como o centro do seu caminho de luta. Espero, sinceramente, que a Cruz Negra se converta não na reunião das más sortes carcerárias mas sim no lugar onde se pode retirar informação e aprofundar sem meias palavras – a partir de diferentes pontos de vista e sobre questões que são consideradas úteis – para dar mais contundência à luta contra a autoridade. De fato, a ação direta é algo para agir e não para pontificar mas estou convencido de que esclarecer o que cada um de nós  realmente entende quando usa essa palavra pode ajudar a aguçar armas para isso atacar.
Continue reading

[México] “Temos de levantar forte nossa voz para exigir a libertação dos presos políticos”

mexico-temos-de-levantar-forte-n-1

Muito em breve será 2 de outubro novamente. E mais uma vez iremos para às ruas para lembrar a matança de 68¹. Mas este ano vamos também exigir a libertação dos presos políticos detidos em 2 de outubro de 2013.
Continue reading

Grécia: Endereço da correspondência de prisioneiro anarquista Nikos Maziotis

large

O envio de livros para os presos é proibido na prisão de Diavata, onde Nikos Maziotis está actualmente encarcerado. Portanto, o companheiro só pode receber cartas (na melhor das hipóteses algumas reportagens de notícias, também). É obrigatório indicar um endereço de remetente, caso contrário as cartas não são entregues.

Para escrever ao companheiro:

Nikos Maziotis
Geniko Katastima Kratisis Thessalonikis
57008 Diavata, Tessalónica, Grécia

 Fonte: Contra Info

“Semana Internacional de Agitação e Solidariedade xs Presxs Anarquistas”

26/08- TERÇA-FEIRA- às 21:10: “Semana Internacional de Agitação e Solidariedade xs Presxs Anarquistas”. AO VIVO e ONLINE na Rádio Cordel Libertário!!

#3 Presxs Anarquistas

Com o objetivo de somar com as diversas atividades que aconteceram durante a semana de 23 a 30 de agosto em torno dxs presxs anarquistas de todo o mundo, a Rádio Cordel Libertário convidou xs companheirxs da Cruz Negra Anarquista para debater sobre a conjuntura de repressão que companheirxs anarquistas aqui no Bra$il e em outras partes do mundo tem sofrido, seja atrás das grades ou nas ruas.
Continue reading

23 a 30 de Agosto: Semana Internacional de Solidariedade axs presxs – Programação Completa

Juntando-se ao movimento internacional de apoio e visibilidade axs encarceradxs pelo Estado, acontece nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre de 23 a 30 de Agosto a Semana Internacional de Solidariedade axs presos. Depois das revoltas contra o status quo terem incendiado o país, vivemos um processo de recrudescimento da repressão, caça às bruxas aos movimentos sociais e criminalizações de organizações e ativistas vem se juntar às cotidianas agressões policiais e prisões arbitrárias em massa numa tentativa de calar as indignações, paralizar as mobilizações, aterrorizar a população e controlar à insatisfação popular pela força e pelo medo preparando o terreno para as Olimpíadas 2016 em nosso país e mais especificamente no Rio de Janeiro. Dessa forma, o evento vem como um espaço de debate político, apoio às vitimas do Estado e construção de laços de resistência. Segue a programação completa:

Baixe aqui o panfleto informativo.

Programacao Semana-page-002

[Itália] A nossa luta não é violência

http://pt.contrainfo.espiv.net/files/2014/08/cna0-p.jpg

Há violência quando se interrompe um estado de paz e se cria injustiça.

Lançar toneladas de bombas sobre países indefesos, causando numerosas vítimas e destruindo infraestruturas essenciais: isto é violência. Invadir e ocupar países estrangeiros com alegadas missões de paz: isto é violência. Encher o subsolo de material tóxico e causar um número incalculável de mortes: isto é violência. Garantir que uns poucos se tornem cada vez mais ricos, enquanto a maioria se torna cada vez mais pobre: isto é violência. Encerrar homens e mulheres em prisões, manicómios e CIES: isto é violência. Levar o nosso planeta ao precipício de uma destruição irreversível: isto é violência. A lista de crimes com os quais se mancha o poder todos os dias é interminável…
Continue reading